Entenda melhor sobre o Assédio moral e sexual no trabalho.

Blog

Entenda melhor sobre o Assédio moral e sexual no trabalho.

Você sabe o que é assédio ?

Assédio consiste numa perseguição insistente e inconveniente que tem como alvo uma pessoa ou grupo específico, afetando a sua paz, dignidade e liberdade. Existem diferentes tipos de assédios, como o moral, sexual, psicológico, virtual, judicial, entre outros porém, hoje iremos falar apenas assédio moral e o assédio sexual relacionado ao ambiente de trabalho.

Todos são baseados no princípio de perseguir e forçar alguém a fazer algo contra a sua vontade. O assédio visa provocar o desconforto do assediado, sendo que este pode desenvolver sérios traumas como consequência deste tipo de violência.

Existe uma certa complexidade, tanto para os empregados quanto para o empregador a respeito das diferenças entre o assédio moral e o assédio sexual no trabalho. Por isso, resolvemos resumir um puco sobre o assunto.

Assédio Moral é:

Uma conduta repetitiva dentro da relação de trabalho em que o empregado é submetido à situações humilhantes e constrangedoras. Lembrando que nem todo conflito no trabalho é assédio. Quando há divergências entre um gerente e subordinado, por exemplo, isso não configura, a princípio, assédio moral. O assédio moral pressupõe a degradação deliberada das condições de trabalho.

Exemplos de situações do assédio moral:

  1. Agredir verbalmente, dirigir gestos de desprezo, alterar o tom de voz;
  2. Desconsiderar problemas de saúde ou recomendações médicas na distribuição de tarefas;
  3. Não transmitir informações úteis à realização de suas tarefas;
  4. Criticar injusta ou exageradamente o trabalho realizado;
  5. Fazer com que circulem boatos maldosos e calúnias sobre a vida particular e hábitos pessoais;
  6. Desmerecer crenças religiosas ou convicções políticas;
  7. Fazer críticas ou brincadeiras sobre particularidades físicas, emocionais e/ou sexuais do (a) trabalhador (a) em público;
  8. Zombar de atributos físicos ou da origem socioeconômica e regional.

O assédio moral pode ser praticado das seguintes formas:

Assédio Ascendente: Neste caso, o chefe é o assediado. Ocorre, por exemplo, em situações em que o grupo não aceita a nova chefia. Para sabotá-lo, os subordinados
sonegam informações, são hostis e burlam as atividades de trabalho solicitadas, com o propósito de atingir a chefia.

Assédio Vertical: É observado quando esse tipo de assédio moral é praticado pelo chefe. O chefe constrange, humilha e destrata o subordinado. Hierarquias profissionais rígidas e que envolvem relações de poder coercitivo propiciam esse tipo de assédio.

Assédio Horizontal: Acontece quando o assédio é praticado por colegas de trabalho. A equipe é intolerante com o colega.

O assédio moral pode ter sérias consequências para a saúde dos trabalhadores.

Alterações comportamentais, problemas psicossomáticos e psicopatológicos podem afetar a vida de quem sofre a violência.

Assédio Sexual é:

Ato de constranger alguém, com o intuito de obter vantagem ou favorecimento sexual.

Exemplos de situações do assédio sexual:

  1. Contato físico não desejado e convites impertinentes;
  2. Chantagem para permanência o emprego, conversas indesejáveis sobre sexo;
  3. Promessas de tratamento diferenciado com insinuações explícitas ou veladas.

O assédio sexual pode ser praticado das seguintes formas:

Assedio sexual por chantagem: definido quando existe exigência por parte de um superior hierárquico a um subordinado para que preste a atividade sexual como condição para a manutenção do emprego/função, ou obtenção de benefícios na relação de trabalho. Este tipo de assédio sexual está diretamente vinculado ao abuso de poder.

Assédio sexual por intimidação: Caracteriza-se por incitações sexuais inoportunas, solicitações sexuais ou outras manifestações da mesma índole verbais ou físicas, o que acaba por prejudicar a atuação de uma pessoa ou criar uma situação ofensiva, hostil, de intimidação ou  abuso no ambiente de trabalho. Neste caso, o elemento poder é irrelevante sendo um tipo comum de assédio sexual praticado por colega de trabalho, estando ambos na mesma posição hierárquica.

assédio sexual é acompanhado também de humilhações, insultos e intimidações.  O assédio sexual pode ocorrer entre pessoas de diferentes orientações sexuais, raças, classes ou entre gerações.

Se você passou por alguma situação constrangedora não tenha vergonha, entre em contato nosso escritório temos uma equipe pronta para lhe atender !

Acompanhe nossas redes sociais estamos no Facebook e no Instagram.

Se você tem alguma dúvida sobre esse post, me envie um comentário.

Abraço a todos e até a próxima.

Cintia Lima

Cintia Lima

Cintia Lima Advocacia e Assessoria Jurídica desenvolve um serviço personalizado atendendo às necessidades específicas de cada cliente, com soluções adequadas para atingir os objetivos que almejam.